Cinco motivos para empresas B2B estarem presentes nas mídias sociais

A relação que o brasileiro tem com as mídias sociais para o uso pessoal é intensa e duradoura. Tanto que o nosso país se mantém no ranking dos mais ativos nas redes. O que muitas marcas B2B (Business to Business) questionam é a necessidade de marcarem presença na rede mesmo sem vender, produzir ou atender diretamente o público final, como as empresas B2C (Business to Consumer) fazem.

Nossa orientação aos clientes ou futuros clientes que questionam a necessidade de terem uma Company Page oficial, na maioria das vezes tende a ser positiva, instruindo as marcas a estarem presentes sim.

Para isso, orientamos algumas diretrizes, como por exemplo, a definição do planejamento digital, entendimento do público alvo, análise de concorrentes, curadoria de conteúdo, identidade visual, grade de publicações e uma estratégia atrelada ao negócio. Pensamos sempre na relação da página com o core business. Um exemplo prático é a indústria de alimentos. Faz muito mais sentido manter um conteúdo atrativo se o mesmo estiver ligado à alimentação, seu preparo, novas ideias com receitas. Esta conexão é necessária.

5 motivos para você estar na rede

Mesmo sem ter uma relação direta com o público final, as marcas B2B podem e devem ter um canal oficial nas mídias sociais. Elencamos cinco motivos que justificam a presença na rede:

  1. Faça antes que outros façam: é comum colaboradores criarem grupos ou até mesmo páginas das suas empresas nas redes sociais, em especial nas empresas que não instituíram políticas de comunicação digital. Ter uma rede oficial, minimiza possíveis páginas fakes.
  2. Dissemine informações: mesmo canais de vendas e parceiros comerciais podem ter acesso às novidades da marca. A atualização das mídias sociais é muito mais dinâmica, rápida e interativa do que os sites institucionais, por exemplo.
  3. Melhore seu resultado de busca nos navegadores de internet: ao ser efetuada uma pesquisa com o nome da marca, além de ter o site institucional, terá também um canal oficial nas redes.
  4. Humanize a marca: mesmo uma empresa B2B é feita por pessoas. Promover as ações internas e institucionais, além de aproximar e integrar os funcionários, dissemina as atividades positivas da empresa.
  5. Siga exemplos. Estar nas mídias sociais é essencial pela relação que se cria com fornecedores, parceiros, sejam eles nacionais como internacionais. Se estar nas redes não fosse algo positivo para o cenário B2B, marcas como IBM, Monsanto e Vmware não estariam nas redes

Esperamos ter inspirado sua empresa a ter uma Company page.

Por Érida Silva

 

Write a comment